Recados Para A Vida

Versão para cópia
CAPÍTULO 1

A GRANDE LIÇÃO DE JESUS

Vamos recordar algumas passagens de Jesus. O Mestre deixou ou renunciou a seus pais para seguir seu destino. Dito assim, quase não parece lógico. Mas Jesus foi o exemplo vivo de que a importância do trajeto perseguido por uma pessoa é para alcançar a meta final. Se Jesus permanecesse, que seria de nós? Pois ele foi cumprir seu destino, que era o de nos salvar.


Todos nós temos um destino, uma meta, e, se não a cumprimos, ficamos parados, estacionados. E, quando Jesus fez isto, ele ainda era jovem. Uma atitude que, até hoje, existe dúvida de que deixar tudo, abandonar tudo, é seguir um destino.


Temos também outra passagem de Jesus, homem vivo, que precisou se recolher quarenta dias para ser tentado ou para jejuar. No entanto, esta passagem é uma demonstração imensa de que todos nós precisamos fazer recolhimento, jejuar ou ser tentados.


Tal período, para Jesus, foi de reflexão de muitos outros e mais outros obstáculos que ele teria de ultrapassar para deixar para nós esta imensa lição de vida. Ele também teve seu tempo de angústia, reflexão, tentação, jejum e, depois, voltou trazendo em suas mãos a lição de vida. E deixa para todos este exemplo.


Por que, para nós, é tão sacrificado um jejum, um tempo para meditação, um tempo para reflexão e um tempo para voltarmos limpos, com a alma pura e pronta para nossas lições e novas retiradas?


Vamos também falar do homem puro que não peca, não faz mal, reza e se ajoelha. Para uns, religião é isto: ir à igreja, ir a um templo, ajoelhar, orar, não fazer mal a ninguém, cumprir com o seu dever.


Religião é menos do que isso e muito mais. É o elo entre o homem e Deus. Não se precisa ser grande frequentador de templo para ter este elo com Deus. O elo vem de um simples ato de amor. Existem ateus que têm este elo, no momento de emoção, de ternura pelo seu irmão, e uma lágrima.


Este é um elo que fica gravado no homem para ser reconhecido. É o elo do Amor.


Que se possa meditar de dentro destas palavras para fora, de dentro de si, sem esquecer jamais, que o nosso grande peregrino, jejuou, amou, sofreu, deixando para nós um perdão e esta grande lição de vida.


Maria das Graças


Médium Nilta Sônia Pádua


Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 1.
Para visualizar o capítulo 1 completo, clique no botão abaixo:

Ver 1 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?