Dimensões da Verdade

Versão para cópia

AMIGO

Narra antiga tradição que nos dias heroicos da pregação evangélica, no Cristianismo nascente, pernoitando numa lapa, Barnabé e Paulo comentavam vibrantes e emocionados sobre o tesouro que conduziam e o Príncipe a Quem se deram...


Ouvidos atenciosamente por salteadores que por perto se açoitavam, dominados pela cobiça, de imediato avançaram armados e exigiram as moedas e o roteiro que conduzia ao tesouro, arrebatando, das mãos dos trabalhadores da Boa Nova, os apontamentos evangélicos de que se utilizavam para as pregações.


Barnabé e Paulo referiam-se à Boa Nova, cujos gráficos conduziam em peles de carneiro e cuja mensagem entesouravam no coração como roteiro diário para a vida.


Os bandoleiros pensavam em joias, moedas, tapetes, especiarias que ambicionavam, em troca da própria vida, se necessário.


Dimensões da verdade.


Tesouro para Paulo e Barnabé a Palavra da Vida.


Tesouro que, para os malfeitores, se transformava em fardo de aflições.


* * *

* "Eu SOU a porta... "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida... "Eu sou o pão da vida... "Eu sou a água viva... "Eu sou o bom pastor... "Eu sou a videira... "Vós sois o sal da Terra... "Vós sois a luz do mundo... "Vós sois as varas... "Vós sois as ovelhas... "Acautelai-vos... "Orai e vigiai... "Vinde a Mim... " — Disse o Mestre.


A balada de há dois mil anos continua soando no ar, espraiando-se.


Há muita dor afivelada a rostos coloridos e muita amargura sorrindo num festival de enfermidades disfarçadas.


Tropeçam e se amparam mutuamente nas ruas da aflição o vício e a virtude buscando dominar.


E a palavra do Cristo em dimensões da verdade excelsa todos os entendimentos repercute nos tímpanos do homem asfixiado em tormentos: "Bem-aventurados sereis... "


* * *

O Espiritismo, a seu turno, conforme enunciou o Sublime Embaixador, vem, "à hora predita" apresentar a verdade revelada nas dimensões do amor, da caridade e do estudo, através do trabalho digno, da solidariedade fraterna e da tolerância cristã.


Pelos ciclos dos renascimentos o Espirito ascende às imarcescíveis alturas pelo devotamento ao bem e através da renovação íntima incessante.


* * *

Nestas meditações, hoje trazidas à benevolência dos que nos leem, outro pensamento não nos animou senão o de que o Evangelho de Jesus revivido e confirmado na Doutrina Espírita é portador de todas as dimensões da verdade para o espírito humano em luta libertadora nos caminhos-sem-fim da evolução.


Rogando ao Inefável Pastor, a Quem oferecemos o melhor dos nossos melhores labores, e esperando encontrar a compreensão generosa dos nossos leitores, exoramos bênçãos de paz para nós todos, desencarnados e encarnados, que trilhamos a rota da eternidade.


Joanna de Ângelis


Salvador, 10 de abril de 1965. (Ano do Centenário da publicação do livro "O Céu e o inferno", por Allan Kardec").




Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo -1.
Para visualizar o capítulo -1 completo, clique no botão abaixo:

Ver -1 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?