Messe de Amor

Versão para cópia
CAPÍTULO 58

O LIVRO ESPÍRITA

Bendize a oportunidade que desfrutas para semear. Amanhã será a hora de recolher.


Valoriza a bênção da vida física no caminho da tua imortalidade. Recorda-te de que a carne é oportunidade breve e, logo mais retornarás ao mundo, espiritual, sem que o esperes, talvez.


O corpo é concessão de Deus para o espírito aprender e agir, valorizando os recursos disponíveis.


A morte é prestação de contas, exame das lições...


O trabalho no bem é a salvadora diretriz.


Aproveitar a dádiva do tempo, na primavera dos ensejos de hoje, é dever que não pode ser adiado.


Amanhã, possívelmente, o sol forte do desespero ou o frio glacial dos desencantos não mais propiciem o clima espiritual para a vitalização dos teus compromissos, enquanto te demoras na veste física.


Agora fulgura no caminho a luz da ocasião própria. Depois, talvez, a saúde não mais te ajude, a esperança não te fortaleça e o cansaço não te enseje oportunidade.


No momento, a Doutrina Espírita te desperta e convida, em louvor à Vida Eterna e à Eterna Sabedoria que representa.


Falando-te que a Terra é paisagem para o serviço honrado, recorda-te de que retornarás à Pátria, conduzindo as realizações que te digam respeito.


Abre o coração à mensagem da vida imperecível e utiliza os tesouros que o Espiritismo te concede para a felicidade geral.


Hoje segues no rumo da bendita plantação e os corações angustiados aguardam a valiosa concessão da fé.


Espalha a luz que te clareia os passos, ajudando indiscriminadamente.


É necessário dares à fé que te liberta e glorifica, o asilo da tua acolhida, favorecendo aqueles que ainda não a receberam. Nesse sentido, recorda-te do livro espírita. Oferece-lhe agasalho no coração e dele receberás o calor da alegria para a vida.


Um ensinamento edificante é bênção em qualquer lugar. Uma lição espírita é luz no caminho.


Acende essa claridade santa na vereda estreita por onde rumam os irmãos sem roteiro.


Se não fores compreendido, aprende a perdoar.


Se óbices se levantarem, impedindo a realização dos objetivos, procura entender a luta e beneficiar-te com ela.


Onde apareçam os pródromos da Doutrina Espírita, aí surgem as mãos de Jesus servindo e ajudando.


Descobrirás, desse modo, no Espiritismo, a caridade como alma da vida, tudo vitalizando.


Nesse sentido, o pão para o estômago e o agasalho para a nudez expressam socorros imediatos, enquanto a palavra luminosa, nascida no coração do Mestre e transmitida pelo Livro Espírita, é pão duradouro e eterna semente de amor.


Uma carta espírita consola.


Uma lição espírita esclarece.


Um socorro espírita ilumina.


Um livro espírita liberta e conduz.


Foi por essa razão que, honrando o livro nobre e construtivo, O Espírito de Verdade preconizou: "Espíritas! Amai-vos; este o primeiro ensinamento; instruí-vos, este o segundo", afirmando peremptório: "Jesus Cristo é o vencedor do mal, sede os vencedores da impiedade".


Honra o Livro Espírita e difunde-o com o teu carinho pelo bem, e contemplarás, logo amanhã, a gleba terrena vestida de esperanças à sombra consoladora do Espiritismo, em cujo seio as almas encontrarão repouso para todas as fadigas.




Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 58.
Para visualizar o capítulo 58 completo, clique no botão abaixo:

Ver 58 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?