Messe de Amor

Versão para cópia
CAPÍTULO 28

SERVE MAIS

Sentes a angústia n’alma como um parasita inútil encravado em venerando carvalho a sugar-lhe a vitalidade. Procuras libertação do vampirismo pertinaz, presa que te encontras do assédio demorado.


Trabalha e serve mais.


O trabalho em favor dos outros, em serviço ativo, convertese em alimento de paz mantenedor da vida.


* * *

Constatas a fragilidade das próprias forças ao impacto rude de mil dilacerações. Distendes braços à cata de socorro e te debates sem amparo.


Trabalha e serve mais.


O serviço dirigido ao bem alheio, como trabalho digno, se transforma em ancoradouro seguro para o coração desarvorado.


Examinas os quadros diários a se sucederem imprevisíveis e verificas quão pouco te fascinam as cores da vida. Recebes o desalento que fala na intimidade da alma e deixas que ele consuma as vibrações de alento de que necessitas.


Trabalha e serve mais.


Trabalho é vida, e serviço aplicado à edificação é viga mestra da felicidade.


* * *

Onde estejas, defrontarás a adversidade e a dor marchando vitoriosos sobre vítimas e escombros...


Trabalha e serve mais.


O serviço alçado à categoria de dever cristão e o trabalho elevado à condição humanitária se transformam em moedas de luz para a aquisição de todas as utilidades reais da caminhada evolutiva.


Modifica as percepções negativas que entenebrecem a tua alma, e procura penetrar racionalmente os problemas da vida.


Descobrirás fontes abençoadas onde apenas vês lamaçal, se intentares remover o lodo que dificulta a jornada da água pura.


Encontrarás fertilidade onde se demora o excremento, se revolveres o solo, facultando a manifestação da vida.


Surgirá a alegria onde permanece o tédio e a tristeza reside, se acenderes a lâmpada do júbilo pessoal, propiciando a propagação da esperança para a felicidade geral.


Trabalha e serve, pois, infatigavelmente.


Além da nuvem escura brilha o sol.


Além das tormentas reina paz nas camadas mais altas do Orbe.


Para quem se afeiçoa ao trabalho renovador e edificante, em forma de serviço salutar, há sempre luz e alegria, embora tudo esteja sombrio em redor, prenunciando borrasca...


Aprende a transformar as dificuldades que se acumulam em teus dias, em oportunidades de trabalho e serviço.


E tem em mente Jesus Cristo, o Salvador Incansável, que, honrando as horas que se diluíam, no momento do testemunho, não chamou somente o ladrão ao trabalho renovador, como a todos os que se agregavam junto à Cruz ensinando sem palavras, que o serviço, na Terra, é portal de felicidade para o Reino dos Céus.




Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 28.
Para visualizar o capítulo 28 completo, clique no botão abaixo:

Ver 28 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?