Messe de Amor

Versão para cópia
CAPÍTULO 17

TEMPERANÇA

Nas atividades espíritas em que te encontras, o culto da temperança tem regime de urgência.


Temperança que medita, fala, manifesta atitudes...


Frequentemente defrontarás o abuso disfarçado de bom-tom e o erro mascarado de honorabilidade, como a aguardar vozes vigorosas que venham zurzir contra o embuste, utilizando os recursos da verdade, a fim de afastar a máscara da mentira, onde esteja...


Da mesma forma, encontrarás o ultraje vitorioso, na boca da infâmia, o engano persuadindo, nas malhas da ilusão, e a vacuidade sonhadora, ampliando o círculo...


Facilmente identificarás a verdade em trilhas tortuosas, o conhecimento aplicado indebitamente e o programa de valores legítimos do homem em desorganizada utilização. Todavia, não te cabe a tarefa de juiz ou pontífice, em nome da verdade, utilizando a severidade, ferindo com precipitação, perseguindo, aniquilando esperanças... Muitos que estão em erro e nele permanecem, são enfermos...


Seja a tua conduta representativa da luz e do bem, pacificadora e construtiva.


A abençoada tarefa de que te fazes tarefeiro, contém, em si mesma, os valores capazes de manter a claridade nos corações, expressando a luminosidade dos teus objetivos.


Não que devas concordar com o erro ou aplaudir a desonestidade. Seria incrementar o crime e a insensatez.


Imanado ao Sublime Amigo, por liames vigorosos, marcha para Ele, através da messe de amor, em cuja seara te encontras, certo de que a Ele compete a superior tarefa de corrigir os espíritos que se acumpliciam à necedade (4) e se atiram, espontaneamente, nos abismos escabrosos...


Advogado da insigne causa do Pai Celeste, Ele sabe aplicar os corretivos da justiça, com pulso firme e coração amoroso, dirimindo equívocos, esclarecendo dúvidas e elucidando conceitos.


Mantém a temperança e aprende a confiar no tempo, mesmo quando o tempo pareça conspirar contra o ideal que é teu objetivo.


Contém a ira, veneno letal que termina por extinguir quantos a vitalizam.


Detém o erro, convertendo a existência em santuário de honra, já que o enganado se pune a si mesmo, nos dédalos do excesso e da perversão.


Susta as inquietações com a prática do bem, já que o inquieto, dirigido pela impulsividade de que se faz instrumento, tombará invigilante, na estrada em penumbra por. onde segue.


Sela a boca aos maus conceitos, já que os vasos acostumados a conduzir miasmas fétidos não podem ser utilizados para conduzir perfumes especiais.


Purifica-te e purificarás o mundo inteiro, vivendo integralmente Jesus e agindo em nome d’Ele durante todos os dias da tua vida, com temperança e equilíbrio, pautando a conduta na Sua modelar conduta.


Convicto de que a sementeira de amor não gera ódios e de que a plantação do bem não se converte em males, pontifica em teus compromissos elevados, por anos-a-fio e despertarás, depois da lama e cinza em que se converterá o teu corpo, livre de todo tormento com o coração tranquilo e a mente pacificada.


Nota


(4)Nota digital: Ação ou comentário de néscio. Tolice; ignorância crassa; inépcia ou imbecilidade gigantesca. Comportamento


Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 17.
Para visualizar o capítulo 17 completo, clique no botão abaixo:

Ver 17 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?