Episódios Diários

Versão para cópia
CAPÍTULO 20

Programa Evolutivo

O delinquente primário, diante das leis humanas, não raro, tem o direito de responder ao processo em clima de liberdade e, mesmo quando condenado, faz jus a vários recursos que lhe amenizam a pena.


O criminoso renitente, pela circunstância da conduta, encontra-se incurso nas penalidades severas e experimentará o isolamento em educandários de segurança, não fruindo de maior consideração...


Assim também ocorre com o Espírito.


Quando os seus erros e delitos são de pequena monta, reencarna-se sob provações reparadoras, enfrentando as disciplinas que o reeducarão, para depois gozar de paz e de liberdade.


Os calcetas e empedernidos, os refratários ao amor e os que se arrojaram aos despenhadeiros do suicídio, do homicídio, recomeçam, na Terra, encarcerados nas expiações lenificadoras...


* * *

A provação é oportunidade para o Espírito renovar-se.


A expiação constitui-lhe corretivo severo.


Provado, o Espírito se sente estimulado a conquistas novas, enquanto resgata os débitos anteriores.


Expiando, recupera-se e aprende, sem outra alternativa, enjaulado no processo de depuração.


A provação é solicitada.


A expiação é imposta.


Na primeira, há liberdade de ação; na segunda, desaparece a livre opção, ante o impositivo estabelecido.


* * *

Sob prova ou expiação, estás colocado no dispositivo da evolução de que necessitas e que é melhor para o teu progresso.


Aplica a razão e o sentimento lúcidos nesse programa evolutivo e ergue-te, da posição em que te encontres, alcançando o triunfo da tua reencarnação.




Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 20.
Para visualizar o capítulo 20 completo, clique no botão abaixo:

Ver 20 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?