Episódios Diários

Versão para cópia
CAPÍTULO 18

Altercação

Surge, inesperada, com ou sem motivo que a justifique.


Toma vulto e leva às mais cruéis consequências, se não é policiada a tempo.


Tem início numa palavra destituída de maldade, num olhar de aparente reproche, numa negativa, ou simplesmente em nada...


A altercação é virose que contamina com facilidade.


Perturba o discernimento, desarmoniza a emoção e deixa rastros significativos no comportamento alterado.


* * *

Os altercadores sempre encontram motivo para as suas discussões infrutíferas.


Desarmonizados em si mesmos, agradam-se quando ferem e encontram resposta para os duelos verbais que, não raro, levam a ações deploráveis.


A altercação é portadora de alta carga prejudicial de cólera, que atinge quem lhe tomba nas redes perversas e aquele com quem se debate.


* * *

Provocado, e convidado diretamente à altercação, desvia o assunto ou desvia-te do agressor.


Ele talvez "nada tenha a perder", conforme alguns apregoam no auge da discussão.


Tu tens a paz que deves preservar, o bem-estar que não podes tisnar com a perturbação e os sagrados compromissos com a vida.


Não te detenhas, nunca, em altercação, porquanto, todos aqueles que se permitem induzir, deixam-na arranhados, quando não saem vítimas de sutis mutilações emocionais ou orgânicas, graças aos golpes que sofrem.




Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 18.
Para visualizar o capítulo 18 completo, clique no botão abaixo:

Ver 18 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?