Evangelho por Emmanuel, O – Comentários às Cartas Universais e ao Apocalipse

Versão para cópia
Capítulo LXII

Peregrinos e forasteiros

“Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros.” — (1Pe 2:11)


É digna de nota a atitude de Pedro, em se dirigindo às comunidades do Cristianismo de todas as épocas.

O apóstolo sabia que sua carta seria lida, muitas vezes, por imperadores, príncipes, juízes, generais, soldados e doutores, no curso dos tempos, entretanto, não se animou a apelar aos discípulos numerosos, catalogando as especificações de seus títulos terrestres.

Simão considerou mais acertado dirigir-se a todos, mordomos e operários, convocando-os como peregrinos e forasteiros.

Semelhante resolução iluminou a sua epístola, conferindo-lhe claridades novas.

A Terra poderá criar numerosas designações para organizar as suas zonas de trabalho ou destacar o esforço de seus filhos, mas cada discípulo não poderá esquecer o direito e a magnanimidade de Deus.

Todo título terrestre é uma experiência transitória.

Somente os raros homens que sabem honrá-lo, como patrimônio emprestado pelo Pai, conseguem imprimi-lo no livro de sua vida eterna.

Semelhantes Espíritos, porém, são escassos na face do mundo.

A maioria dos que recebem a dádiva não faz mais que conspurcá-la com o egoísmo e desenfreada ambição.

Eis porque, reconhecendo que todas as criaturas humanas permanecem em trânsito, Pedro as reúne na designação de forasteiros e peregrinos.




Emmanuel
Francisco Cândido Xavier


Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 62.
Para visualizar o capítulo 62 completo, clique no botão abaixo:

Ver 62 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?

Veja mais em...

I Pedro 2:11

Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais que combatem contra a alma;

1pe 2:11
Detalhes