Parábolas e Ensinos de Jesus

Versão para cópia
CAPÍTULO 70

EXAME DAS RELIGIÕES

“Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. Adoram-me, porém, em vão, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. "


(Mateus 15:8-9.)


A religião não consiste num amálgama de dogmas e na proclamação de mistérios.


A Religião é parte da Verdade, que se concede aos que a procuram e lhes é dada de acordo com o seu grau de elevação moral.


O conhecimento da Religião cresce nas almas, na proporção do progresso moral e espiritual de cada uma.


Como acontece com a aquisição de quaisquer ramificações do saber, a Religião não prescinde do estudo, da análise, do livre-exame.


Paulo, doutor dos gentios, aconselhava a seus ouvintes, para obtenção do conhecimento da Religião, o exame nítido, racional, inteligente de todas as Escrituras; por esse meio chegariam ao conhecimento da Verdade: Examinar tudo, mas abraçai só o que for bom (I Tess., V, 21.) Pedro remata a sua Epístola Universal com a bem significativa sentença: “Crescei no conhecimento e na graça de N. S. Jesus Cristo. " (II Pedro 3:18.) João diz peremptoriamente numa das suas cartas, condenando a ignorância: “Deus é luz; se dissermos que temos comunhão com Ele e andarmos em trevas, mentimos e não praticamos a verdade. "


(I João 1:5- 6)


Tiago não é menos categórico, quando pretende avivar-nos sobre as tentações e provações, lembrando-nos suas causas e efeitos: “A fortaleza deve completar a sua obra para que sejais perfeitos e completos, não faltando em coisa alguma. "(I, 4.) O conhecimento das circunstâncias que nos cercam se deve completar com o conhecimento da nossa individualidade e dos nossos deveres religiosos; do contrário não teremos fortaleza para resistir às tentações e vencer as provas.


O homem religioso não é, pois, o escravo do culto que repete maquinalmente as orações do breviário, mas, sim o que estuda e compreende as Revelações que lhe são transmitidas. “Examinar tudo e abraçar só o que for bom" é examinar todos os sistemas religiosos e fazer com inteligência e critério a seleção do que for bom, rejeitando os erros que as religiões ensinam como artigos de fé.


Está claro que um sistema religioso que proclama a infalibilidade de seus sacramentos pretende ser intangível e não admite se lhe repudie uma palavra, quanto mais um preceito!


O crítico, por mais competente que seja, filiado a esse credo terá de submeter-se ainda ao que não julgue bom.


Por exemplo: o católico e o protestante, embora repugne à sua razão os dogmas das penas eternas e do Diabo, não têm liberdade para impugnar sua religião; têm, à força, de submeter-se a eles ou então serem excluídos da comunhão a que pertencem.


Para gozar das regalias do todo, é princípio de Teologia, indispensável se torna que o adepto aceite as partes integrantes do princípio conjeturado. " “Quem não aceita a parte prejudica o todo, não pode, ipso facto, fazer parte desse todo. " A sentença de Paulo, pelo que se vê, caduca em face do exame de uma religião única, porque tendo de aceitar o todo é impossivel rejeitar o que não for bom.


O mesmo acontece às demais recomendações epistolares de Pedro, Tiago e João.


Para os sacerdotes do Catolicismo e Protestantismo, a sua religião é a verdade revelada, integral, completa. Aqueles que fizeram profissão de fé é porque chegaram ao conhecimento da verdade máxima, não têm de crescer no conhecimento e na graça de N. S. Jesus Cristo; já estão crescidos, não têm mais que crescer, atingiram o ponto culminante da verdade religiosa, sabem tanto quanto o Cristo, seu conhecimento é mesmo igual ao de Deus, porque para essas religiões, Jesus Cristo é o próprio Deus que se manifestou na segunda pessoa da Trindade.


Conclui-se que, falecendo aos católicos e protestantes os atributos de perfeição com que a sua religião deveria revesti-los, estão eles, sem dúvida, fora da Verdadeira Religião, necessitando, portanto, pôr em prática as recomendações apostólicas para obterem o conhecimento da Verdade, cujos preceitos se resumem na memorável sentença de Paulo: “Examinai tudo, mas abraçai só o que for bom. " Foi, portanto, com justa razão que o Cristo repetiu aquelas palavras ao povo de então, semelhante ao de hoje, discípulos dos escribas, saduceus e fariseus: “Este povo honra-me com os lábios, mas seu coração está longe de mim. Adoram-me, porém, em vão, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. "




Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 70.
Para visualizar o capítulo 70 completo, clique no botão abaixo:

Ver 70 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?

Veja mais em...

Mateus 15:8

Este povo honra-me com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim.

mt 15:8
Detalhes

Marcos 13:2

E, respondendo Jesus, disse-lhe: Vês estes grandes edifícios? Não ficará pedra sobre pedra que não seja derribada.

mc 13:2
Detalhes

Marcos 13:3

E, assentando-se ele no monte das Oliveiras, defronte do templo, Pedro, e Tiago, e João e André lhe perguntaram em particular:

mc 13:3
Detalhes

Marcos 13:4

Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá quando todas elas estiverem para se cumprir.

mc 13:4
Detalhes

Marcos 13:5

E Jesus, respondendo-lhes, começou a dizer: Olhai que ninguém vos engane;

mc 13:5
Detalhes

Marcos 13:6

Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.

mc 13:6
Detalhes

Marcos 13:7

E, quando ouvirdes de guerras e de rumores de guerras, não vos perturbeis; porque assim deve acontecer; mas ainda não será o fim.

mc 13:7
Detalhes

Marcos 13:8

Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes. Isto será o princípio de dores.

mc 13:8
Detalhes

Marcos 13:9

Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às sinagogas; sereis açoitados, e sereis apresentados ante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de testemunho.

mc 13:9
Detalhes

Marcos 13:10

Mas importa que o evangelho seja primeiramente pregado entre todas as gentes.

mc 13:10
Detalhes

Marcos 13:11

Quando pois vos conduzirem para vos entregarem, não estejais solícitos d?antemão pelo que haveis de dizer; mas, o que vos for dado naquela hora, isso falai; porque não sois vós os que falais, mas o Espírito Santo.

mc 13:11
Detalhes

Marcos 13:12

E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai o filho; e levantar-se-ão os filhos contra os pais, e os farão morrer.

mc 13:12
Detalhes

Marcos 13:13

E sereis aborrecidos por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim esse será salvo.

mc 13:13
Detalhes

Marcos 13:14

Ora, quando vós virdes a abominação do assolamento, que foi predito, estar onde não deve estar (quem lê, entenda), então os que estiverem na Judeia fujam para os montes.

mc 13:14
Detalhes

Marcos 13:15

E o que estiver sobre o telhado não desça para casa, nem entre a tomar coisa alguma de sua casa;

mc 13:15
Detalhes

Marcos 13:16

E o que estiver no campo não volte atrás, para tomar o seu vestido.

mc 13:16
Detalhes

Marcos 13:17

Mas ai das grávidas, e das que criarem naqueles dias!

mc 13:17
Detalhes

Marcos 13:18

Orai pois, para que a vossa fugida não suceda no inverno;

mc 13:18
Detalhes

Marcos 13:19

Porque naqueles dias haverá uma aflição tal, qual nunca houve desde o princípio da criação, que Deus criou, até agora, nem jamais haverá.

mc 13:19
Detalhes

Marcos 13:20

E, se o Senhor não abreviasse aqueles dias, nenhuma carne se salvaria; mas, por causa dos escolhidos que escolheu, abreviou aqueles dias.

mc 13:20
Detalhes

Marcos 13:21

E então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo; ou: Ei-lo ali; não acrediteis.

mc 13:21
Detalhes

Marcos 13:22

Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos.

mc 13:22
Detalhes

Marcos 13:23

Mas vós vede; eis que d?antemão vos tenho dito tudo.

mc 13:23
Detalhes

Marcos 13:24

Ora, naqueles dias, depois daquela aflição, o sol se escurecerá, e a lua não dará a sua luz.

mc 13:24
Detalhes

Marcos 13:25

E as estrelas cairão do céu, e as forças que estão nos céus serão abaladas.

mc 13:25
Detalhes

Marcos 13:26

E então verão vir o Filho do homem nas nuvens, com grande poder e glória.

mc 13:26
Detalhes

Marcos 13:27

E ele enviará os seus anjos, e ajuntará os seus escolhidos, desde os quatro ventos, da extremidade da terra até a extremidade do céu.

mc 13:27
Detalhes

II Pedro 3:18

Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.

2pe 3:18
Detalhes

I João 1:5

E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas.

1jo 1:5
Detalhes