Ideal Espírita

Versão para cópia

INTRODUÇÃO

ANDRÉ LUIZ


Você pede melhoras de saúde.


Antes, porém, socorra o enfermo em condições mais graves.


Você pede, em favor do seu filho.


Antes, porém, proteja a criança alheia em necessidade maior.


Você pede providência determinada.


Antes, porém, alivia a preocupação de outra pessoa, em prova mais contundente que a sua.


Você pede concurso fraterno contra a obsessão que o persegue.


Antes, porém, estenda as mãos ao obsidiado que sofre sem os recursos de que você já dispõe.


Você pede perdão pela falta cometida.


Antes, porém, desculpe incondicionalmente aqueles que lhe feriram o coração.


Você pede apoio à existência.


Antes, porem, seja consolo e refúgio para o irmão que chora em seu caminho.


Você pede felicidade.


Antes, porém, semeie nalgum gesto simples de amor a alegria do próximo.


Você pede solução a esse ou àquele problema.


Antes, porém, busque suprimir essa ou aquela pequenina dificuldade dos semelhantes.


Você pede cooperação.


Antes, porém, colabore a benefício dos que suam e gemem na retaguarda.


Você pede a assistência dos bons espíritos.


Antes, porém, seja você mesmo um espírito bom, ajudando aos outros.


Toda solicitação assemelha-se, de algum modo, à ordem de pagamento, que, para ser atendida, reclama crédito.


A casa não se equilibra sem alicerce.


Uma fonte ampara outra.


Se quisermos auxílio, aprendamos a auxiliar.


* * *



Acima, está sendo listado apenas o item do capítulo 0.
Para visualizar o capítulo 0 completo, clique no botão abaixo:

Ver 0 Capítulo Completo
Este texto está incorreto?